Tornando o varejo mais inteligente

Varejo Self-service, compras sem filas, e sem stress

Homem ao lado de uma mulher fazendo o pagamento de suas compras em uma central de autoatendimento

O autosserviço agiliza o processo para consumidores que querem fazer compras rápidas, ao mesmo tempo que o deixa à vontade para realizar escolhas com tranquilidade.

O que é

Varejo self-service, ou autoatendimento, é quando a intermediação nas compras, bem como no pagamento são eliminadas. O consumidor realiza suas compras sem atritos, apenas com a ajuda de tecnologias de autoatendimento e finaliza com cartão de crédito.

O self-service no varejo tem foco na conveniência e na experiência autoral de compra, apoiado em recursos disruptivos como check-out automático e personalização de layout. É uma estratégia ainda tímida no Brasil, que vem evoluindo, impulsionada também pelo novo perfil do consumidor. De acordo com a consultoria global Gartner, até 2020, 85% dos relacionamentos entre empresa e cliente não terão qualquer intervenção humana.

Ilustração de uma mão fazendo uma compra usando um smartphone. Em cima do smartphone há um carrinho de compra e alguns preços em lista. Em volta do smartphone há dinheiro, uma carteira, um cartão de crédito, uma lupa, uma caneta, uma nos fiscal, um lápis e um óculos.

Um outro estudo, este da Croma Solutions, revela que mais de 60% dos brasileiros já preferem o autoatendimento na saída dos supermercados, que deve se popularizar até 2019 no país. O levantamento também mostrou o interesse dos consumidores por aplicativos para ajudar na hora da escolha da loja e novos meios de pagamento, como tecnologia wearable.

Um exemplo bem atual é o Amazon Go, uma loja da Amazon, nos Estados Unidos, na qual o cliente não enfrenta filas para pagar por seus produtos. Basta escolhê-los e passar tudo para seu smartphone. O pagamento é feito por meio da fatura enviada para pagamento digital. Uma experiência do cliente totalmente sem atritos, que está atraindo uma nova geração de consumidores.

Por que se importar

O varejo está em pleno processo de transformação, apoiado no digital, que, de acordo com a consultoria global PwC, não se trata somente de levar a loja para o mundo on-line, mas também garantir novas experiências em diferentes canais.

O momento é de inovação tecnológica, chave para fortalecer os laços com a nova geração de consumidores, mais exigente e ávida por novidades que explorem a conveniência. Por isso, um ambiente de compra inovador é vital para atração e fidelização. Unir tecnologia e interatividade, transformando a experiência de compra, é a fórmula do varejo do futuro.

O novo contexto aponta, portanto, para hiper conveniência, ou seja, uma experiência sem atritos, na qual facilidade de compra, entrega eficaz e pagamento facilitado são vitais, tanto no canal físico como no digital. O cliente quer interagir, avaliar, elogiar e recomendar e tudo isso acontece por meio da tecnologia, que se tornou um facilitador de estratégias.

O futuro do varejo está atrelado à melhor experiência de compra que pode proporcionar aos clientes, gerando momentos diferenciados e personalizados, satisfazendo desejos de cada perfil de consumidor.

Analistas estimam que as próximas gerações de consumo terão características cada vez mais autossuficientes, preferindo realizar suas compras quando e onde for mais conveniente, sem precisar, obrigatoriamente, do atendente.

Como reduzir filas e melhorar a experiência de compra

Nos Estados Unidos, o autoatendimento é bastante praticado em supermercados há alguns anos. No Brasil, o cenário começa a mudar e caminhar para adesão da estratégia, especialmente no público jovem, sempre conectados e em linha com a inovação.

O autoatendimento reduz filas e agiliza o processo de compra de clientes por meio de tecnologias que possibilitam que o cliente escaneie o código de barras dos produtos, ele mesmo pesa frutas e legumes selecionados e finaliza sua compra com o cartão de crédito. Pesquisas mostram ganhos de 20% de tempo no processo de compra em lojas com esse tipo de conceito, sem atritos.

O autosserviço proporciona agilidade aos consumidores que desejam realizar compras rápidas e ao mesmo tempo o deixa à vontade para percorrer toda a loja e fazer suas escolhas com tranquilidade, aumentando o ticket para o estabelecimento.

Quer mudar a experiência de compra do consumidor na sua empresa? Converse com o UOL DIVEO e inicie um projeto agora mesmo.

Fale com um especialista