Tornando o varejo mais inteligente

Soluções digitais da Microsoft e a inovação no mercado de varejo

Local público com muitas pessoas andando

Personalização, multicanal e foco no cliente não são temas novos, porém a forma de abordá-los mudou. Descubra novas possibilidades para o varejo.

Todo o varejo está consciente de que competir no mundo de hoje exige atenção em toda a jornada do cliente. Uma mudança de tecnologia e cultura em todos os níveis se fazem necessárias para fornecer as experiências que os clientes esperam.

E buscando essa mudança, a Nordstrom Rack passou a testar a tecnologia de beacons, que são dispositivos que emitem sinais bluetooth e se comunicam com smartphones e tablets. O objetivo é impactar os clientes, personalizando a experiência dos compradores e também aumentar a conveniência. Para isso os beacons podem ser utilizados para coletar informações dos clientes e informá-lo, por exemplo, que um determinado produto está em promoção, ou até mesmo sugerir um provador disponível ou serviço de caixa expresso.

Um outro exemplo na melhora da experiência de compra é o self-checkout, ou pagamentos sem filas, atualmente em uso na rede de supermercados norte americana Macey’s. Essa solução permite que os clientes da loja digitalizem, via aplicativo, cada um dos produtos escolhidos e adicionados ao carrinho de compras. Após terminarem é só realizar o pagamento também via aplicativo e ir embora, sem precisar se preocupar com as filas. Nos primeiros meses da implantação, a Macey’s notou um aumento no uso da solução self-checkout por parte dos visitantes, além de um número maior de clientes na loja. Além disso houve também um aumento significativo no número de itens comprados por esses consumidores.

Além de soluções para melhorar a experiência de compra dos consumidores, a Microsoft também possui soluções que impulsionam a inovação em toda cadeia de negócio, extraindo melhores resultados para o varejo.

Um exemplo é a Powershelf, uma tecnologia que permite a atualização eletrônica dos preços através de pequenas telas de LCD presentes nas prateleiras de produtos. Através de sensores inteligentes, o Powershelf pode também detectar se uma prateleira está vazia e encaminhar um alerta para os repositores. Essa tecnologia permite também reconhecer o aumento de demanda por algum produto específico e antecipar a reposição do estoque.

Infográfico com os passos do processo de transformação. 1. Reconheça tendências e demandas de mercado; 2. Entenda como SKUs específicas afetam as vendas; 3. Tomada de decisões mais rápidas em todos os níveis; 4. Administre a disponibilidade.

Nós entramos no projeto piloto porque a tecnologia permitiu identificar quando estávamos com falta de estoque. E não apenas identificar, mas se conectar e realizar ações na própria loja, permitindo que nossos colaboradores pudessem resolver o problema.

Brian Brand, gerente sênior de suprimentos da Giant Eagle.

A Powershelf ajudou a Giant Eagle a reduzir o seu tempo de reposição de estoque esgotado em dois terços e cortou suas SKUs (unidades de manutenção de estoque) esgotadas em 50% em qualquer dia.

E estes são apenas alguns dos exemplos do que a tecnologia pode fazer na sua empresa.

Por que não iniciar uma ação inovadora no seu negócio de varejo? Converse com o UOL DIVEO e inicie um projeto.

Fale com um especialista