Tornando o varejo mais inteligente

Magazine Luiza, atingindo metas através da I.A.

Atendente virtual da Magazine Luiza sobre um fundo azul com o logotipo da magazineluiz.com sobre tudo

Descubra como a varejista brasileira conseguiu ampliar suas vendas e reduzir em 30% os custos de mídia digital com a inteligência artificial.

A inteligência artificial foi ganhando, pouco a pouco, o coração de diversas empresas ao redor do globo e no Brasil não foi diferente. A varejista Magazine Luiza foi uma das primeiras empresas brasileira a se beneficiar dessa tecnologia.

A partir de uma parceria com o Google, a Inteligência Artificial passou a ser alimentada com um grande volume de informações dos clientes da varejista, tanto vindas das lojas físicas quanto do e-commerce. A partir desses dados a I.A. criou um perfil específico para cada cliente, selecionando os perfis mais propensos a realizar novas compras ou a indicar algum novo cliente.

A inteligência buscou audiências similares e o resultado foi expressivo. Trouxemos pessoas parecidas com os nossos consumidores e alguns deles realmente consumiram nossos produtos.

Paulo Ramazza, head de analytics e customer insight do Magazine Luiza

Além de promover o aumento de performance nas vendas e gerar um perfil de consumo para cada cliente, a Inteligência Artificial também foi utilizada para a divulgação do aplicativo de celular “Magazine Luiza”.

As análises realizadas e informações trazidas pela I.A. permitiram selecionar o melhor canal de mídia digital e, desta forma, otimizar o ROI (Retorno sobre investimento) em mídia.

O Magazine tinha uma meta de download, mas o investimento era baixo. Assim, procuramos o Google, que nos ofereceu uma tecnologia de machine learning que pudesse divulgar o nosso aplicativo no canal certo, ou seja, justamente aquele com o melhor desempenho.

Paulo Ramazza

Isso permitiu que o Magazine Luiza atingisse a meta de download do aplicativo e ainda conseguir uma redução de 30% no custo com a divulgação do aplicativo.

A Inteligência Artificial e o UOL DIVEO também podem ajudar você a impulsionar seu negócio. Por que não começar agora mesmo?

Fale com um especialista