Tornando o varejo mais inteligente

A forma de fazer negócio, os hábitos das pessoas e a maneira de interagir com elas mudou. Você já está adaptado a essa nova realidade?

Veja mais
Ilustração com uma representação abstrata sobre negócios digitais. Contém um carrinho de compras, um cartão de crédito e um smartphone.

Mas, o que é varejo inteligente?

Vivemos a era da informação. Nos últimos 10 anos, foram gerados mais dados digitalmente do que em toda a história da humanidade. Saber utilizar estas informações com criatividade e tecnologia para tomar decisões que atendam às necessidades e desejos de cada cliente é o que um Smart Business faz.

Um varejo inteligente é aquele que aprende a coletar dados sobre seus consumidores e, assim, promover atendimento personalizado e oferecer produtos e serviços que atendam às suas expectativas.

O seu negócio já está preparado para inovar na era da informação?

Faça o teste
  1. A tecnologia é a maior aliada de um negócio inteligente

    Segundo a pesquisa The AI Revolution: Insights into the next era of customer relationship, realizada pela Salesforce, a tecnologia transformou as expectativas de atendimento para 58% dos clientes e 75% dos compradores de empresas.

  2. Pagamento por smartphone: entenda por que vale a pena investir nessa tecnologia

    Nos Estados Unidos, os logos do Apple Pay e do Android Pay já eram vistos em muito mais lojas na última Black Friday, em comparação aos anos anteriores. Relatório da IDC constatou que as vendas por essas plataformas aumentaram 124% em 2016 em relação ao ano anterior, movimentando perto da casa do trilhão de dólares.

  3. Self-checkout e m-payment: aliados na redução das filas

    O Estudo de Prontidão e Maturidade Tecnológica do Varejo Supermercadista, divulgado pela consultoria PwC, mostra que as empresas com sucesso no processo de automatização do checkout podem conquistar um aumento de produtividade em torno de 10 a 15%, melhorando a experiência de consumo dos clientes.

  4. Machine learning ajudando a roteirizar as entregas do e-commerce

    Até 2018, segundo o IDC, mais de 50% das equipes de desenvolvimento vão incorporar serviços cognitivos em seus aplicativos, gerando uma economia de mais de US$ 60 bilhões até 2020. Segundo a consultoria, a adoção de sistemas cognitivos e inteligência artificial em diversas indústrias deverá gerar receita anual de US$ 47 bilhões em 2020.

O consumo e suas tendências

O consumidor e a forma de consumo estão mudando, e é preciso acompanhar esse movimento. Conheça as macrotendências no universo do varejo.

Quer conhecer outras oportunidades? Baixe nosso e-book e descubra novas possibilidades de faturamento com o varejo de serviço.

Baixe o e-book

Usando a tecnologia a favor da sua empresa

A tecnologia existe para conectar pessoas a seus objetivos, por isso inovar com o suporte da tecnologia é fundamental para uma empresa crescer.



Conheça mais detalhes sobre cada uma dessas tecnologias e como elas podem impulsionar seu negócio.

Mais sobre essas tecnologias

Compare sua estratégia com os principais players do varejo

Sua empresa está indo na mesma direção que outros varejistas? Onde estão concentrados os investimentos em tecnologia? Organize os itens abaixo de acordo com sua estratégia de negócios e descubra.


Arraste os itens colocando-os na ordem desejada. Ao finalizar clique no botão "Compare os resultados".

Suas respostas

  1. 1º

    BI / Analytics

  2. 2º

    BI / Analytics

  3. 3º

    BI / Analytics

  4. 4º

    BI / Analytics

x

Prioridade dos varejistas

  1. Realize o teste e descubra

Sua empresa tem X itens em comum com as tendências do mercado varejista.

Se você precisa de apoio em Transformação Digital, incluindo BI / Analytics, Inteligência Artificial, IoT, Cloud Services, nós podemos te ajudar.

Fale com um especialista

Projetos para se inspirar

Que tal conhecer alguns exemplos de grandes empresas do varejo que conseguiram inovar através da tecnologia?


Lâmpada elétrica segurada com uma mão
Projetos para começar agora

Começando uma revolução no seu negócio

Agora que você já conheceu como a tecnologia pode ajudar seu negócio a se destacar no mercado de varejo, por que não começar?

Conheça alguns projetos que podem ser iniciados agora mesmo.

Imagem de um smartphone com um exemplo de diálogo com o assistente virtual

Chatbot - Atendente virtual

Utilizado entre 1 em cada 4 consumidores, o chatbot - também conhecido como atendente virtual - é uma forma rápida de obter informações para oferecer o atendimento personalizado que cada cliente espera.

Cada vez mais exigentes e bem informados, os consumidores buscam detalhes sobre o que vão comprar.

Um chatbot pode oferecer tudo o que eles precisam.

Foto tirada de cima de um mercado. É possível ver várias bancadas com produtos diversos e pessoas negociando

In Store Analytics

Consumidor satisfeito sempre volta a comprar. Para garantir que isso aconteça e ter o controle total de lojas físicas, oferecemos a solução In Store Analytics.

A ferramenta atua através da leitura de dados objetivos e confiáveis, utilizando Big Data, Analytics, Sensores inteligentes e Inteligência artificial.

O sistema permite que varejistas acompanhem as áreas mais frequentadas da loja, corredores mais visitados, posicionamento de expositores e ajuda a pensar o layout da loja.


Agora que você conheceu como a tecnologia pode ajudá-lo a inovar no mercado de varejo, que tal iniciar um projeto com o UOL DIVEO?

Quero começar um projeto

Mais dicas para inovar seu negócio

  • Homem com óculos de realidade virtual contemplando a palavra Big Data

    Como marcas famosas estão usando o Big Data entender o comportamento do consumidor

    Saiba mais
  • Homem ao lado de uma mulher fazendo o pagamento de suas compras em uma central de autoatendimento

    Self-checkout e m-payment: aliados na redução das filas

    Saiba mais
  • Silhueta de cabeça humana sobreposta por código fonte, nodos e linhas

    Negociologia é a nova forma de fazer negócio na “era digital”

    Saiba mais
  • Homem de um serviço de entregas entregando uma caixa de papelão para uma pessoa

    Veja como o machine learning pode ajudar a roteirizar as entregas do e-commerce

    Saiba mais